Páginas

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Ácido fólico + Vitaminas + Omega 3

Este blog tá com muita coisa de grávida, viu? Não sei o motivo!

As consultas pré-natal sempre tem uma novidade, não é? Hoje o ácido fólico é muito utilizado entre as tentantes (quem está planejando engravidar). Muitas começam a tomar por conta própria e é a coisa mais "comum" da vida.

Você quase é mandada para fora da turma das grávidas se não tomou ácido fólico, ao menos três meses antes de engravidar. Óbvio que eu não tomei, né? Eu gosto de gente que  fecunda, gesta e nasce natural!

Calma. Não sou contra os cuidados e a saúde, mas eu não acho gostoso ficar desesperada mês a mês, sabe? Esperando...e esperando... esperando... Eu me divido entre as tecnologias/benefícios x o povo já paria desde sempre. Nossa que retrograda. Eu sei. Eu sou mesmo.

Blog é uma coisa pessoal, onde a gente se expõe. Se for para ficar em cima do muro, não escreve, certo?

Eu sou filha da Rute. Eu não tomo sorvete de manhã, não como pastel no almoço, não bebo refrigerante todo dia. Coisas que ficam da infância. Não confunda com uma vida plenamente saudável que dá para ver que eu não tenho. Então, eu não acho um crime ficar grávida sem tomar o ácido fólico, quem sempre tomou, parabéns! É importante. 

Os benefícios do ácido fólico vão do desenvolvimento do bebê até a qualidade da vida da futura mamãe no primeiro trimestre. Dizem também evitar pratos prematuros. São muitas  as vantagens, todas para o bem. Eu comecei a tomar o Endofolin, na segunda semana de  gestação.

Um por dia, o comprimido é pequeno e verdinho :) Fácil de engolir. Ufa! 

O ideal de esperar que seja receitado pelo seu médico é que existem diferenças na dosagem do ácido fólico.

Compra uma caixa por mês. O preço fica próximo a R$ 20. Pouco preço, para tantas conquistas que trará para a gente.

Tem gente que toma desde os três meses antes de engravidar até depois do parto. A minha G.O. (Tudo bem, se eu escrever sempre G.O.? Ginecologista e Obstetra) logo trocou o ácido fólico por um polivitamínico e poliminerais. Não assim, sem motivo. Depois que foram feitos todos aqueles exames das primeiras consultas. Devo ter tomado o ácido fólico por uns dois ou três meses, no máximo.

Comecei com o Natele. Quando eu abri fiquei em choque a capsula é enorme. E, eu não sei tomar comprimido direito. Tive que me concentrar nas consultas que a Fono, me explicava com calma o que eu deveria fazer de movimento com a língua para engolir remédio. (Obrigada, mãe, novamente, por ter me levado na fonoaudióloga, mesmo sendo por outros motivos). 

Bem, com muito esforço e dedicação eu consigo. Não é ainda a coisa mais fácil do mundo, mas eu tomo até hoje. Eu não pensava que ia precisar de vitamina na gravidez, não! Por isso, é importante o médico. 

Eu fiquei com medinho de engordar quando eu li os componentes da fórmula, é que são muitas coisas. Bem, nunca me acrescentou nenhuma graminha, pelo contrário. A impressão que tenho é que eu fico com o organismo muito mais equilibrado. Pode ser coisa da minha cabeça.

O Natele custa entre R$29 e R$36, com 28 capsulas. Estou com uma caixa novinha e acho que vou ficar com ele bastante tempo. Todo mês eu pergunto, continuo com o Natele, a resposta é sempre a mesma. "Sim, sempre!"

Eu vou ficar quase uma especialista em remédios em capsula e comprimido. Olha o progresso!

Esse mês, eu sempre achando que não vão ter mais novidades... Doce ilusão! Ganhei uma bela receita com óleo de peixe Omega 3. O Proepra gesta. Cuidado tem o que não é gesta, e as dosagens são diferentes, colega! Uma coisa é comprar genérico, a outra é trocar o medicamento na farmácia. Fique ligada!

G-zuis, mais uma capsula. Vou tomar daqui a pouquinho a primeira vez. Esse tem funções de auxilio na formação nos sistemas do bebê. Tudo bem. A gente toma também! Esse vale a pena a pesquisa do preço, pois vai me acompanhar desde hoje (5º mês) até os seis meses da Olívia, se ela estiver sendo amamentada. Cerca de 10 meses de uso. R$ 65 a R$40, dependendo da farmácia. Não foi tão fácil achar. 

O nome óleo de peixe é de matar! Não sai da minha cabeça aquele peixe ensopado com corinho preto, pirão e arroz, aff! Gosto, não! Ai, ai, ai!

Como eu estava de pesquisa nas farmácias próximas. Vi que a Millar, pomadinha que falei aqui, tem o preço de R$30 a R$ 40 por aqui. Foi difícil achar por R$30, estou esperando a encomenda para o final  dessa semana.

É isso, rotina de grávida seria fácil se fosse só carregar a barriga. Tem que gestar a Olívia,  trabalhar, ter sempre refeições fresquinhas e saudáveis, cuidar dos cães, ser a melhor esposa, besuntar o corpinho (ão) de hidratante e óleo de amêndoa,  ser uma boa amiga, uma pessoa equilibrada e ainda arrumar um tempinho para vir aqui escrever sobre tudo isso para eu nunca esquecer desses tantos detalhes da minha vida :)


Beijo, bom dia!




















2 comentários:

  1. Oi Nathália eu tomei o natele, tbém durante a gravidez e enquanto estava amamentando, qdo amamentei o meu cabelo caia muito então fui na dermato e adivinha ela disse que o natele ajuda a diminuir esse efeito, resumindo tomei até o Pietro parar de mammar, é vitamina não faz mal só faz bem o Pietro mamou até 1 ano e meio depois não quiz mais, e eu fiquei tão triste, adorava amamentar (sinto falta até hoje). Bjossssssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, vamos tomar o Natele para sempre...kkk!!!

      Excluir

Quer comentar e não sabe como? Escreva no espaço abaixo e selecione "anônimo" na janela de identificação. Não esqueça de escrever seu nome.